As 'Camélias' de Desterro: A Campanha Abolicionista e a Prática de Alforriar Cativos (1870-1888)

As 'Camélias' de Desterro: A Campanha Abolicionista e a Prática de Alforriar Cativos (1870-1888)

Por R$ 15,00

Comprar este livro

Nome: As "Camélias" de Desterro: A Campanha Abolicionista e a Prática de Alforriar Cativos (1870-1888)
Autor: Tamelusa Ceccato do Amaral
Ano: 2008
Preço: R$ 15,00

Volume 7 da Coleção África Brasil. Este trabalho é uma interpretação acerca da prática de alforriar cativos, muito recorrente nos últimos anos da escravidão.
Atentando-se para as diversas modalidades de alforria, quais sejam, gratuita, onerosa ou sob condições, pretende-se mostrar que acenar com a possibilidade da liberdade significava manter viva nos cativos a esperança de dispor de si como quisessem. Esta prática gerava a gratidão dos ex-cativos, implicando em alguns casos na perpetuação consentida das relações sociais existentes até o momento da alforria.
As alforrias onerosas ou sob condição, por sua vez, apresentam a exigência de um pagamento, em dinheiro, no primeiro caso, e em anos de trabalho no segundo. Estas modalidades, previstas e regulamentadas na Lei 2.040, ou Lei do Ventre Livre, ocorriam em maior número, uma vez que a grande preocupação dos Senhores era o direito à propriedade, ameaçado pela iminência da Abolição.

Voltar

Acesse nossas redes sociais:

Blog Facebook

Copyright © 2011 Editora Casa Aberta. Todos os direitos reservados
Desenvolvido por InBless Ltda